Canal Comunitário
Sábado, 20 de Janeiro de 2018
Ouvir Radio
busca
Buscar
Enviar este texto para um amigo          Imprimir este texto            Confira mais notícias relacionadas                         Mude o tamanho do texto Fonte 12 Fonte 14 Fonte 16
Lula alfineta a mídia em discurso na Rocinha
Presidente do Brasil voltou a criticar a mídia brasileira durante discurso na Rocinha
Lula alfineta a mídia em discurso na Rocinha

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva voltou a criticar a imprensa. Desta vez, por conta da repercussão da presença da ministra Dilma Rousseff, pré-candidata do PT ao Palácio do Planalto, na inauguração do Hospital da Mulher Heloneida Studart, no Rio de Janeiro. A mídia destacou o fato de que a obra, cujo orçamento foi de R$ 40 milhões, não recebeu verba do governo federal. Em clima de comício, moradores exibiam bandeiras do PT e ostentavam faixas que agradeciam o governador Sérgio Cabral (PMDB) e a petista pela obra.

Ontem, em entrevista a uma rádio carioca, o presidente afirmou que houve “uma distorção da informação” e considerou a atitude da imprensa “de certo baixo nível”. Lula defendeu a presença da ministra no evento, realizado no domingo, e apontou a colaboração do governo na construção do novo hospital. “Por que o governo do Rio de Janeiro teve dinheiro para construir um hospital dessa magnitude? É porque a parceria entre os governos estadual e federal permitiu que nós investíssemos dinheiro em outras áreas. Assim, desafogamos o estado para que ele fizesse o investimento. Qualquer pessoa medíocre analisaria assim”, declarou o presidente. Ontem, Lula e a ministra Dilma cumpriram agenda na capital carioca.

Em nota divulgada ontem, a Casa Civil e o Ministério da Saúde afirmaram que, embora a construção da unidade de saúde tenha sido bancada pelo Rio de Janeiro, o governo federal vai desembolsar anualmente R$ 50 milhões para garantir o funcionamento do hospital — o valor será empregado, por exemplo, para a compra e reposição de medicamentos. O estado também vai contribuir para a manutenção do hospital, com mais R$ 30 milhões anuais.

Boxe e flecha
Em discurso na favela da Rocinha, onde inaugurou um complexo esportivo construído com verbas do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC), o presidente brincou de boxe com crianças inscritas no projeto social e experimentou apetrechos de tiro com arco. No discurso, criticou o preconceito contra a população pobre. “É verdade que na Rocinha deve ter algum bandido. É verdade que deve ter algum bandido no Pavão-Pavãozinho, no Alemão. Mas quem é que disse que não tem bandido nos prédios chiques de Copacabana? O que é grave é que os perseguidos são sempre os pobres dos morros, e não os ricos”, declarou Lula na manhã de ontem.

Recebida com gritos de “Rocinha presente, Dilma presidente”, a ministra Dilma Rousseff também discursou e lembrou o dia da mulher, comemorado ontem. “As mulheres têm mais sensibilidade, são muito sensatas e corajosas, inclusive aquelas que tiram os filhos do tráfico e da criminalidade”, afirmou. A ministra e o presidente ainda participaram de cerimônia de assinatura de contratos para construção do Complexo Petroquímico do Rio de Janeiro (Comperj).

Por que o Rio teve dinheiro para construir um hospital dessa magnitude? É porque a parceria entre os governos estadual e federal permitiu que investíssemos dinheiro em outras áreas. Assim, desafogamos o estado. Qualquer pessoa medíocre analisaria assim”
Presidente Luiz Inácio Lula da Silva

Memória
Críticas recorrentes

As rusgas entre o presidente Lula e a imprensa são de longa data. O petista critica não apenas a postura dos meios de comunicação em relação ao governo como o fato de, segundo ele, a imprensa destacar apenas aspectos negativos do país, deixando para segundo plano os resultados positivos. Em meados do ano passado, por exemplo, no auge da crise política no Senado, Lula afirmou que os veículos de comunicação preferiam ressaltar os escândalos do legislativo a apontar o aumento do número de empregos. “Não consigo entender por que a predileção pela desgraça. Há tanta coisa boa no cotidiano do povo brasileiro, mas o que está estampado é a desgraça”, afirmou, em junho do ano passado. O próprio Partido dos Trabalhadores faz críticas à cobertura da mídia. Na semana passada, uma minuta elaborada pela cúpula da legenda afirmava haver uma pressão da mídia contra o PT, além de uma suposta intenção deliberada de desqualificar a ministra Dilma Rousseff, candidata petista à Presidência. O documento final aprovado pelo diretório do PT, entretanto, não fez citações diretas ao assunto.



Fonte: Correio Braziliense / Lula recebe tamborim de ouro da escola da Rocinha. Foto: Alexandre Vidal
Enviar este texto para um amigo          Imprimir este texto            Confira mais notícias relacionadas                        
Faça seus comentários a respeito deste texto
Dê sua opinião
Não há Comentários publicados.

O mais autêntico Blog da Rocinha. Matérias dos tempos antigos e posts do primeiro site www.rocinha.org estão na área de Blog

© Copyright 2007-2015  ® Todos os direitos reservados