Canal Comunitário
Quarta, 26 de Julho de 2017
Ouvir Radio
busca
Buscar
Enviar este texto para um amigo          Imprimir este texto            Confira mais notícias relacionadas                         Mude o tamanho do texto Fonte 12 Fonte 14 Fonte 16
Google cria concorrente para o botão 'Curtir' do Facebook
Vem aí o botão "curtir" do Google. Empresa anunciou um novo recurso, o Google +1. A ferramenta funciona de modo similar ao botão Curtir do Facebook e permite recomendar links para amigos
Google cria concorrente para o botão Curtir do FacebookGoogle Plus One. Foto: Divulgação

O botão de “curtir” do Facebook ganhou um novo oponente nessa quarta-feira. O Google apresentou o Google +1, um recurso diferente de tudo o que o internauta já viu. Em vez de recomendar páginas na rede social ou na própria página, agora a recomendação vai aparecer diretamente nos resultados do buscador. Esse é o Google correndo atrás de relevância social.

De acordo com a empresa, o +1 permite entregar os melhores resultados no momento certo e do jeito certo. São os melhores porque há a recomendação de pessoas reais, que o usuário já conhece; estão no lugar certo porque a busca é o momento propício para descobrir coisas novas; e do jeito certo, porque fica bem evidente que aquele resultado tem o amparo de alguém conhecido.

Para usar o Google +1 é preciso acessar o buscador e estar com a Google Account devidamente autenticada. A partir daí, o botão de +1 é exibido ao lado dos resultados de busca. Assim que um usuário clica nele, aquele item em especial passa a avisar que foi recomendado. O mesmo vale para anúncios do Google AdWords, que também poderão ser recomendados pelas pessoas.

Por enquanto, o Google +1 está liberado apenas para um grupo seleto de usuários do Google nos Estados Unidos. Os entusiastas, claro, podem testá-lo: basta acessar essa página e aceitar fazer parte do experimento +1. Em seguida, é preciso também ir à versão do Google.com para Estados Unidos.

Diferentemente do botão de “curtir” do Facebook, o +1 inicialmente está habilitado somente nas páginas de pesquisa do próprio Google. A empresa promete liberar o botão para implementação em qualquer site, assim como acontece com o do Facebook e o de RT do Twitter, somente daqui a alguns meses. O jeito é esperar.





Fonte: Thássius Veloso Do Tecnoblog
Enviar este texto para um amigo          Imprimir este texto            Confira mais notícias relacionadas                        
Faça seus comentários a respeito deste texto
Dê sua opinião
Não há Comentários publicados.

O mais autêntico Blog da Rocinha. Matérias dos tempos antigos e posts do primeiro site www.rocinha.org estão na área de Blog

© Copyright 2007-2015  ® Todos os direitos reservados