Canal Comunitário
Quarta, 18 de Setembro de 2019
Ouvir Radio
busca
Buscar
Enviar este texto para um amigo          Imprimir este texto            Confira mais notícias relacionadas                         Mude o tamanho do texto Fonte 12 Fonte 14 Fonte 16
Muita tensão em virtude de possível ocupação da Rocinha
A eminente ocupação da Rocinha por uma Unidade de Polícia Pacificadora (UPP) provoca uma série de adiamentos em eventos e acontecimentos importantes. Moradores seguem a vida preocupados
 Muita tensão em virtude de possível ocupação da Rocinha Policial militar do Batalhão de Choque revista motociclista em um dos acessos à Rocinha. Foto: Fabiano Rocha / Agência O Globo

De acordo com a coluna Gente Boa, do jornal O Globo, o funkeiro MC Naldo cancelou o show que faria nesta sexta-feira (11) na Rocinha. A publicaçã diz que o motivo é a anunciada ocupação da favela pelo Bope, que tem deixado o clima no local bastante tenso. Shows de pagode também foram cancelados. A festa organizada pela bateria da Acadêmicos da Rocinha (Avassalador FEST) foi adiada para o dia 16 dew dezembro á exemplo de um livro que iria ser lançado por alunos da Escola Municipal Francisco de Paula Brito. Por motivos de segurança a direção da escola também decidiu mudar a data do evento. Responsável pelo projeto a professora Eloísa Figueira divulgou a seguinte nota em uma rede social: "Comunico que, por motivo de segurança, devido às últimas notícias divulgadas pela imprensa sobre a ocupação da Rocinha, a festa de lançamento do livro "ROCINHA DE MUITAS HISTÓRIAS" foi cancelada e, brevemente (espero), divulgarei uma nova data."

Também por questões de precaução as escolas públicas que funcionam dentro da Rocinha e no entorno cancelaram suas aulas. Segundo a diretora do CIEP Bento Rubião, "mas vale a segurança dos alunos que uma aula improdutiva". É possível ver a tensão no ir e vir de moradores da comunidade e também há uma preocupação generalizada entre os moradores de bairros vizinhos, como São Conrado e Gávea, pessoas estão evitando transitar nas ruas, outros estão planejando se acomodar em casa de parentes e amigos ou até providenciando viagens. O transito na Auto-Estrada Lagoa Barra, sempre intenso pela manhã, ficou bem menos concorrido á exemplo do fluxo da Avenida Niemeyer, que passa pela entrada principal da favela do Vidigal.

No Facebook moradores da Rocinha trocam informações sobre a situação na favela, publicam frases e textos de incentivo e revelam suas preocupações. Uma moradora da comunidade revelou a seguinte frase em seu perfil: "Meu Deus, abençoe todos os moradores da Comunidade Rocinha. Cubra-nos com Teu manto sagrado e nos guarde de todo o mal...". Líderes comunitários também revelam seus pensamentos, entre veículos de imprensa e instituições. O fato é que a preocupação é generalizada.

O aparato

Para ocupar a Rocinha O Ministério da Defesa vai mandar homens da Marinha e equipamentos militares para a ocupação do morro. Apesar do ministério não confirmar formalmente a participação na operação, o pedido de apoio logístico ao Ministério da Defesa foi feito há cerca de dez dias pelo governador do Rio, Sérgio Cabral (PMDB).

A previsão é de que a ocupação aconteça nos próximos dias.

A Marinha usará na operação os mesmos blindados utilizados na tomada das comunidades do Complexo do Alemão e da Vila Cruzeiro, os chamados Clanfs (carros lagartas anfíbios). Os blindados serão operados por fuzileiros navais e também ajudarão no transporte dos policiais militares durante a entrada no morro.

Fonte: Da redação Rocinha.org
Enviar este texto para um amigo          Imprimir este texto            Confira mais notícias relacionadas                        
Faça seus comentários a respeito deste texto
Dê sua opinião
Não há Comentários publicados.

O mais autêntico Blog da Rocinha. Matérias dos tempos antigos e posts do primeiro site www.rocinha.org estão na área de Blog

© Copyright 2007-2015  ® Todos os direitos reservados