Canal Comunitário
Terça, 30 de Maio de 2017
Ouvir Radio
busca
Buscar
Enviar este texto para um amigo          Imprimir este texto            Confira mais notícias relacionadas                         Mude o tamanho do texto Fonte 12 Fonte 14 Fonte 16
Religião faz Anderson Paz abandonar o carnaval e a Rocinha
Cantor deixa a escola da borboleta e anuncia aposentadoria do Carnaval alegando motivos religiosos. Intérprete pegou todo mundo de surpresa ao fazer declaração durante evento da entrega da sinopse
Religião faz Anderson Paz abandonar o carnaval e a Rocinha Uma notícia bombástica pegou a comunidade da Acadêmicos da Rocinha de surpresa, na tarde deste domingo (22). Durante o evento de apresentação do enredo para 2013, o intérprete oficial da Acadêmicos da Rocinha, ao microfone, anunciou que estava deixando a escola. Ele revelou que havia se convertido à religião evangélica e, por isso, abandonaria o Carnaval. Muito ansioso e segurando firmemente uma bíblia, Anderson Paz chamou pelo presidente Darlan Santos antes do comunicado, agradeceu á todos e ao fim deixou a quadra com muita pressa, evitando falar do ocorrido.

Surpreendida com a ação, a diretoria da tricolor de São Conrado ainda não definiu o nome do novo intérprete.

Na mesma noite, a escola anunciou o enredo para o Carnaval 2013. "Mistura de Sabores e Raças - Uma Feijoada à Brasileira" será desenvolvido pelo carnavalesco Luiz Carlos Bruno.

O bom filho à casa torna

Depois de mais uma temporada afastado da Acadêmicos da Rocinha, Anderson Paz voltou a ser a voz oficial da Borboleta no carnaval 2011 vindo da Paraíso do Tuiti.

- Mesmo distante da agremiação, eu nunca esqueci da minha querida comunidade. Minha saída foi apenas uma separação temporária, um até breve. A Rocinha é uma verdadeira mãe, que está recebendo de braços abertos um filho, que retorna a sua casa - disse Anderson na ocasião, destacando o refrão do samba exaltação que compôs para a Acadêmicos da Rocinha: - Minha academia, minha alegria. Minha paixão é a Rocinha dentro do meu coração.

Anderson Paz começou a cantar com 16 anos por incentivo da sua saudosa avó Eneditina de Jesus. No início da década de 90 iniciou a sua carreia de cantor como vocalista de grupos de pagode e samba de raiz como "Só Preto, sem Preconceito", "Bagagem", "La samba" entre outros. Anderson estreou no carnaval em 1993 como intérprete do bloco "Mataram meu Gato" (hoje conhecido como Gato de Bonsucesso). No ano seguinte, foi à Portela e desfilou como apoio no carro de som da agremiação até o ano 2000. Neste mesmo ano, ele debutou como intérprete oficial no Carnaval do Rio de Janeiro, defendendo o samba da Lins Imperial. E a estréia não poderia ter sido mais recompensadora. Anderson recebeu o prêmio S@mba-Net como melhor intérprete do grupo de acesso B.

No Carnaval de 2001, Anderson foi a São Clemente e defendeu a escola por quatro carnavais consecutivos, sendo campeão do Grupo de Acesso A nas edições de 2001 e 2003. Em seguida, passou a fazer parte da família da Acadêmicos da Rocinha no Carnaval de 2005. Pé quente, a escola se consagrou campeã do Grupo de Acesso A, garantindo vaga no Especial. No ano seguinte, ele também defendeu o samba da agremiação de São Conrado. Em 2007, o intérprete teve breves passagens por Estácio de Sá e Caprichosos. Retornando a Borboleta para o carnaval de 2008, permanecendo em 2009.



Fonte: Da Redação Rocinha.org
Enviar este texto para um amigo          Imprimir este texto            Confira mais notícias relacionadas                        
Faça seus comentários a respeito deste texto
Dê sua opinião
Não há Comentários publicados.

O mais autêntico Blog da Rocinha. Matérias dos tempos antigos e posts do primeiro site www.rocinha.org estão na área de Blog

© Copyright 2007-2015  ® Todos os direitos reservados